Brasil em chamas

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - INPE - registrou até o dia 05 de outubro mais de 208.000 focos de incêndio no país. É o recorde na quantidade de incêndios desde que o monitoramento começou, em 1988. Por causa da crise, as ações de fiscalização ficaram prejudicadas. Os biomas mais afetados são a Amazônia e o Cerrado. As queimadas pode piorar com o aquecimento global.



Comentários

Postagens mais visitadas